notícias

RS registra cinco mortes por afogamento no fim de semana

RS registra cinco mortes por afogamento no fim de semana

12

março

  Casos se registraram em Torres, Capão da Canoas e Pelotas   Pelo menos cinco pessoas morreram vítimas de afogamento no Rio Grande do Sul durante o fim de semana. Quatro casos se registraram no litoral Norte, sendo três deles em Torres. O mais recente aconteceu na tarde deste domingo. O Corpo de Bombeiros foi acionado até a Prainha, próximo ao local conhecido como “Caminho da Santinha”. A vítima, que teve o corpo retirado do mar, ainda não teve a identidade confirmada. Na manhã deste domingo, Adler Marcelo Cargnelutti, de 42 anos, já havia sido vítima de afogamento na Prainha. Ele chegou a ser encaminhado ao Hospital Nossa Senhora dos Navegantes, mas não resistiu. Ainda em Torres, na manhã de sábado, Fabrício Matos Cardoso, de 45 anos, morreu na praia de Arroio Seco, quando tentava salvar um adolescente de 15 anos. O homem chegou a ser socorrido com vida, mas também não resistiu. Neste domingo, os Bombeiros localizaram, em Xangri-lá, ainda no litoral Norte, o corpo de Jonas Henrique Kist, de 24 anos. Ele era considerado desaparecido desde sábado, quando foi com amigos à praia do Guarani, em Capão da Canoa. O jovem era de natural de Venâncio Aires, mas residia em Lajeado. Em Pelotas, no Sul do Estado, Gustavo Mota Ortiz, de 14 anos, teve o corpo encontrado na tarde de sábado depois de desaparecer na praia do Laranjal. Conforme testemunhas, o adolescente sumiu na Lagoa dos Patos após entrar nas águas em frente à Colônia de Pescadores Z3. Operação Verão Este é o primeiro fim de semana após o fim da Operação Verão, que registrou redução histórica no número de afogamentos no Litoral gaúcho. Houve queda de 60% nos salvamentos e 97% nos casos de morte. Na temporada 2017/2018, apenas uma pessoa morreu, contra 14 na temporada passada.