notícias

Requião: ação na UFMG é provocação para privatizar universidades públicas

Requião: ação na UFMG é provocação para privatizar universidades públicas

07

dezembro

O senador Roberto Requião (PMDB-PR) chamou de "absurda" a condução coercitiva praticada pela Polícia Federal contra reitores e ex-reitores da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). Requião lembra que eles não foram  intimados antes de ser alvo da operação. "Não tem cabimento isso", afirmou, em vídeo divulgado nas redes sociais. "É um desafio, uma provocação. A impressão que eu tenho é a de que é uma provocação que pretende desmoralizar as universidades públicas, fazer o povo crer que são um espaço de corrupção, com a intenção clara de privatizá-las. É a insistente luta contra os interesses do povo brasileiro", diz. "É preciso que seja enquadrada a Polícia Federal, que o abuso de autoridade não seja mais admitido no Brasil", defende o senador, que pede que o Congresso Nacional vote a Lei Cancellier, da qual é relator e que propõe o fim do abuso de autoridade. Assista: