notícias

Estudantes da UFSC são os primeiros a entrar em greve contra cortes de recursos

Estudantes da UFSC são os primeiros a entrar em greve contra cortes de recursos

11

setembro

Estudantes da UFSC são os primeiros a entrar em greve contra cortes de recursos Com a paralisação geral estudantil definida em assembleia nesta terça-feira 10, os alunos pretendem pressionar pela liberação de recursos bloqueados no orçamento da Universidade Federal de Santa Catarina. Eles também defendem uma greve nacional da educação contra os bloqueios do governo Bolsonaro 247 - Os estudantes da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) decidiram entrar em greve geral durante assembleia na tarde desta terça-feira 10 em frente à reitoria. Desde a semana passada, mais de 50 cursos já haviam aderido à paralisação ou entrado em estado de greve, informa o portal do Jornal Zero Hora. Com a paralisação, os alunos pretendem pressionar pela liberação de recursos bloqueados no orçamento da UFSC que ameaçam a continuação das atividades da instituição até o final do ano. Instituições federais de todo o país sofrem com os bloqueios de recursos feitos em maio pelo governo Bolsonaro, mas os estudantes da UFSC são os primeiros a aderirem à greve em decorrência dos cortes no orçamento das universidades públicas.  Na assembleia desta terça, os estudantes da UFSC defenderam ainda uma paralisação nacional da educação. Os professores da universidade convocaram uma assembleia da categoria para a próxima segunda-feira (16), quando irão debater a situação da universidade e colocar em votação uma adesão ou não ao movimento grevista.