notícias

Estado divulga em até cinco dias empresa que vai retomar restauro do Instituto de Educação

Estado divulga em até cinco dias empresa que vai retomar restauro do Instituto de Educação

14

setembro

Estado divulga em até cinco dias empresa que vai retomar restauro do Instituto de Educação Desde julho de 2015, alunos e funcionários da escola estadual se dividem em quatro locais diferentes Depois de mais de cinco meses de espera, a Secretaria Estadual de Educação informou que foram abertos, nesta quinta-feira, os envelopes das quatro empresas interessadas em concluir o restauro do Instituto Estadual de Educação Flores da Cunha, em Porto Alegre. No encontro, os concorrentes deram vistas aos documentos, que agora seguem para a Secretaria de Obras, para a análise comparativa. Conforme a Pasta, a empresa vencedora vai ser conhecida, em até cinco dias, por meio de publicação no Diário Oficial. Os trabalhos devem ser concluídos em até 18 meses após a ordem de serviço, ainda sem data. O valor máximo apresentado pelas empresas não pode ser superior a R$ 28,6 milhões, em recursos financiados pelo Banco Internacional para Reconstrução e Desenvolvimento (BIRD). Construído em 1935, entre o Parque da Redenção e o Campus Central da Ufrgs, o Instituto de Educação é considerado patrimônio histórico do Rio Grande do Sul. Desde julho de 2015, mais de 1,5 mil estudantes e 130 docentes e funcionários se dividem para ocupar os quatro locais diferentes em que o Instituto passou a funcionar desde que as aulas foram transferidas, em função da obra. Os trabalhos na instituição começaram em janeiro de 2016 e foram paralisados em agosto de 2017, com apenas 10% do restauro concluído. Em função dos atrasos, o governo rescindiu o contrato com a prestadora anterior. Em junho passado, a Central de Licitações do Estado inabilitou todas as concorrentes por não terem atendido itens do edital. Após um novo prazo para correções, quatro delas foram habilitadas para seguir no processo.